13 de janeiro de 2017

NO POO

Hi Gys :)

Quanto tempo... senti saudades!😍😍😍😍


O post de hoje é sobre uma nova técnica.

   No Poo

Alguém aí conhece? Já ouviram falar? Mas, o que é?

Vamos ao que interessa, a explicação.

No Poo,
significa sem shampoo.

Mas, existe alguém que vive sem shampoo???? Sim, Existe.😨😨😨
Porém, essa pessoa lava o cabelo? Sim, porém com outras técnicas.
Porque alguém não usaria o shampoo, aquele que dá aquela sensação gostosa de limpeza que todas nós amamos? 
Porque meninas, ele acaba com alguns cabelos. 😩
Ele detona principalmente cabelos ressecados e enrolados.
Os ressecados ficam cada vez mais espigados, e o enrolados perdem a definição. É triste não é? Graças a nossa nova era a da informação descobrimos muiitas coisas... entre elas o no poo 💜💜💜💜




Todos os cabelos podem fazer no poo? Sim podem, mas nem todas se adaptam.

Por que fazer no poo? Menor agressão ao fio e maior hidratação. Para cabelos enrolados em especial, ele dá aquele definido maravilhosoooo,e o controle do volume que é de babar💜💜💜💜. Já os ressecados, ganham disciplinas.




Quem faz NoLav
 Poo a com qual produto o cabelo?
Condicionador, isso mesmo condicionador. Calma! Não se assuste, vou explicar.

A lavagem do cabelo é feita com condicionar que se chama Co Wash.

Esse condicionar é escolhido a dedo, pois nele não podem conter diversos ingredientes. Existem condicionadores comuns que não possuem os ingredientes proibidos, mas também há condicionadores específicos para essa prática, empresas que fizeram estudos e desenvolveram o condicionador ideal para a lavagem do nosso lindo cabelo.
Aqui vai uma tabelinha sobre o que não pode conter no condicionador...



Tenham cuidado, pois existem vários tipos de química dentro desses grupos.

Bom meninas, essa foi uma pequena explicação sobre essa técnica. Sei que algumas de vocês ficaram com dúvidas... Por isso, quem tiver dúvida pode postar, farei um vídeo explicando melhor sobre a técnica e tirando dúvidas.


Bom meninas, por hoje é só!

Até a próxima 😗😗😗



Nenhum comentário:

Postar um comentário